Recent Posts

Tecnologia do Blogger.

Em nome do Sensacionalismo TV Record menosprezou jovem artista de Paramirim.

30 de out de 2017

Que o sensacionalismo barato dos programas de auditório estão cada vez mais apelativos, todos já tinham conhecimento. Uma vez que a a Televisão brasileira, vive a explorar tudo que possa lhe render alguns pontinhos no IBOPE. As reportagens sensacionalistas abrangem temas diversos, inventam situações e até mentem descaradamente, criando um clima de cinismo como o que vimos ontem no Rodrigo Faro, que em um ridículo papel, ao lado da sua esposa metida a patricinha e do também boçal Eduardo Costa, protagonizaram de forma parcial e ao nosso ver repugnante, mais uma baita discriminação com a Bahia, com a cidade de Paramirim, desmerecendo o jovem Geovane Félix, que esperava ter o seu feito exaltado a nível nacional e pelo contrário, serviu de piada para os sulistas metidos que gargalhavam com as limitações da réplica construída.

Acontece que o nosso conterrâneo Geovane Félix, jovem de bem, trabalhador, cuja família orgulha Paramirim e região pela honestidade, postura digna e pela capacidade de inteligência e criatividade, acompanhando tal linhagem,desenvolveu sozinho, apenas com a colaboração de alguns amigos que lhe doavam peças e outros materiais a réplica de um famoso veículo (Ferrari). Ao finalizar sua arte, coisa que para ele era tratada como um hobe e desfilar pelas ruas da sua cidade (Paramirim), foi surpreendido com elogios e diversos posts nas redes sociais. Geovane, um rapaz simples, não acostumado com tal assédio, retribuia as gentilezas e chegou até a apresentar o seu invento no encontro de motociclistas e veículos antigos na Praça da Matriz.


Que o sensacionalismo barato dos programas de auditório estão cada vez mais apelativos, todos já tinham conhecimento. Uma vez que a a Televisão brasileira, vive a explorar tudo que possa lhe render alguns pontinhos no IBOPE. As reportagens sensacionalistas abrangem temas diversos, inventam situações e até mentem descaradamente, criando um clima de cinismo como o que vimos ontem no Rodrigo Faro, que em um ridículo papel, ao lado da sua esposa metida a patricinha e do também boçal Eduardo Costa, protagonizaram de forma parcial e ao nosso ver repugnante, mais uma baita discriminação com a Bahia, com a cidade de Paramirim, desmerecendo o jovem Geovane Félix, que esperava ter o seu feito exaltado a nível nacional e pelo contrário, serviu de piada para os sulistas metidos que gargalhavam com as limitações da réplica construída.

Acontece que o nosso conterrâneo Geovane Félix, jovem de bem, trabalhador, cuja família orgulha Paramirim e região pela honestidade, postura digna e pela capacidade de inteligência e criatividade, acompanhando tal linhagem,desenvolveu sozinho, apenas com a colaboração de alguns amigos que lhe doavam peças e outros materiais a réplica de um famoso veículo (Ferrari). Ao finalizar sua arte, coisa que para ele era tratada como um hobe e desfilar pelas ruas da sua cidade (Paramirim), foi surpreendido com elogios e diversos posts nas redes sociais. Geovane, um rapaz simples, não acostumado com tal assédio, retribuia as gentilezas e chegou até a apresentar o seu invento no encontro de motociclistas e veículos antigos na Praça da Matriz.


Fonte: O Eco Jornal