Recent Posts

Tecnologia do Blogger.

"Olha meu rosto", lamenta rapaz cortado com estilete em briga

9 de ago de 2018

Ferimentos na perna, no braço, nas costas, no ombro e principalmente no rosto. Gabriel não sabe quantos pontos levou, mas tem consciência de que foi vítima de uma violência gratuita e sem motivo. O jovem de 18 anos foi agredido por um grupo de cinco rapazes, na noite do último domingo (05), por volta das 22 horas, em uma movimentada rua do Centro de Vitória.
A confusão começou depois que Gabriel derramou um copo de cerveja em um dos rapazes do grupo. Repleto de pontos pelo corpo, ele recebeu alta do Hospital São Lucas na segunda-feira (06) e, desde então, vive com medo e chora sem parar.
"Olha meu rosto, eu tenho vergonha de sair na rua. Eu tenho medo deles fazerem isso comigo de novo. Não teve motivo para ele fazerem isso comigo", disse o rapaz, chorando muito, em entrevista.

Para Gabriel, a confusão começou com um grande mal entendido. Ele conhecia dois dos cinco rapazes que estavam no grupo. "Eu fui cumprimentar ele, minha cerveja caiu nele, nós começamos a bater boca e começamos a brigar. Foi ele que rasgou meu rosto todo com estilete (chora)", contou.
O companheiro de Gabriel não aceita o que aconteceu. "É injustificável. Não justifica um esbarrão, um empurrão, uma cerveja. O que fizeram com ele foi covardia. Não foi só uma pessoa. Se fosse no mano a mano, na mão, tudo bem. Mas teve arma branca, teve mais três pessoas junto com os dois (que o agrediram). Isso foi um atentado, uma tentativa de homicídio. Eles precisam se justificar, não por rede social como eles fizeram, eles tem que se desculpar pessoalmente e responder pelo que eles fizeram", afirma.
CASO SOB INVESTIGAÇÃO
Procurada pela reportagem, a Polícia Civil disse que o caso está sob investigação e que, no momento, mais informações não serão repassadas para não atrapalhar as investigações. [TV Gazeta]










🔬
Para uma completa investigação diagnóstica de possíveis alterações de funções endócrinas, alguns exames são fundamentais, como a avaliação dos hormônios FSH, LH, prolactina e progesterona, podem indicar a presença de distúrbios hormonais que impeçam a gestação ou causam outras disfunções.

LAB Laboratório de analises clinicas, funciona em Malhada de Pedras na Av. Vieira de Melo, ao lado do Sindicato dos Trabalhadores Rurais.
Em Brumado na Praça dos Meiras, nº62 Centro.
  77 3441-0822
📱  77 98818-4115

LAB Laboratório - Há 10 anos cuidando da sua saúde