Ads Top

Brumado: Populares celebram cassação do prefeito Eduardo Vasconcelos



Na manhã desta terça-feira (17), o juiz Genivaldo Alves Guimarães, da 90ª Zona Eleitoral, cassou os diplomas do prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB) e do seu vice, Édio da Silva Pereira (PCdoB), o Continha, por captação ou gasto ilícito de recursos financeiros de campanha eleitoral. Após a notícia repercutir na cidade, parte da comunidade celebrou soltando fogos de artifício na Praça Armindo Azevedo, ao lado do paço municipal. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, um morador disse que a comemoração se deve a certas atitudes do gestor tomadas nesse segundo mandato. Para ele, o prefeito está perseguindo a população com a implantação da zona azul, que prejudicou o comércio local. O morador também citou a implementação das escolas de tempo integral na totalidade da rede municipal, não dando opção de escolha aos pais de alunos, bem como as obras inacabadas e sem qualidade. “Ele está perseguindo os professores. Ele vem com o chicote na mão oprimindo mesmo, não só os professores, mas diversas áreas em nossa cidade. Vai ser muito mais válido quando ele for cassado no TRE-BA. Hoje, foi uma pequena vitória da grande guerra. É a justiça do lado do povo pra fazer uma Brumado melhor”, afirmou. Outro morador ouvido pela nossa reportagem declarou que a decisão configura uma vitória para o povo. “Brumado precisa de uma mudança urgente”, reiterou.

As informações são do Achei Sudoeste









Publicidade


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.