Ads Top

Preço do feijão tem aumento de quase 100% em supermercado depois da pandemia do coronavírus



Nas últimas semanas, a rotina de alguns brasileiros tem sido a mesma: ficar em casa. Sair só para o necessário. E o supermercado, claro, é uma dessas necessidades. E é aí que as pessoas estão sentindo um dos efeitos econômicos do coronavírus: o aumento de preços.

A alta da demanda com o objetivo de estocar alimentos essenciais em casa, tem provocado falta de produtos em muitos supermercados e também reajustes de preços em vários itens da cesta básica, principalmente o feijão carioca. Isso porque a alta repentina da demanda agravou um problema que já havia se iniciado na agricultura: o produto sofreu com estiagens, e a produção foi reduzida.

Segundo a Associação Paulista de Supermercados (APAS), os produtos que têm apresentado elevação de preços são itens básicos, como batata, feijão, leite, cebola, alho e arroz. Os reajustes chegam a 70% em alguns itens.






Publicidade

Atenção você acima de 60 anos, evite aglomerações e visitas desnecessárias, pelo menos nesse período, vamos ficar em casa e garantir a prevenção contra o COVID-19.

Prevenir é o mais importante nesse momento!

Pax Nacional de Brumado - Ao seu lado por mais de 32 anos.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.