João Roma comemora redução de preço da gasolina e confronta Rui Costa: "Foi na marra"


 

Pré-candidato ao Governo do Estado, João Roma (PL), comemorou nesta quinta-feira (7) a redução do preço da gasolina nos postos de combustíveis da Bahia. O ex-ministro da Cidadania aproveitou ainda para cutucar o governador Rui Costa (PT) sobre o assunto.

Roma afirmou que, para que o preço do combustível caísse, foi preciso o presidente Jair Bolsonaro (PL) ter zerado todos os impostos federais e propor uma PEC para que os governadores reduzissem o ICMS sobre os combustíveis.

“Foi na marra. O governador Rui Costa não queria. Mas a solução do presidente Bolsonaro deu resultado. O preço da gasolina já caiu mais de um real na Bahia. O presidente teve o propósito de aliviar os efeitos da crise mundial e da escalada de aumentos do preço do petróleo, mas os governos estaduais só queriam arrecadar, não importando as consequências na vida da população”, disse.

O ex-ministro, que também é deputado federal, votou a favor da PEC que estabeleceu a redução da alíquota do ICMS sobre os combustíveis, na Câmara dos Deputados.

Para Roma, não fica bem para o governador nem para seu pré-candidato a sucessor querer agora, de alguma forma, capitalizar a queda do preço da gasolina, porque sempre foram contra a redução do ICMS e "agouraram" o tempo todo a proposta do presidente.

“Além do mais, Rui Costa é um dos governadores que acionaram a Justiça para que não houvesse a diminuição do imposto. Que os petistas não tentem desprezar a inteligência e a memória do povo baiano”, alertou.

Fonte: Bnews






Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.