Ads Top

Rio do Antônio: Proposta popular quer cortar pela metade os salários de prefeito, vice-prefeito e vereadores



Uma proposta de Projeto de Lei, de iniciativa popular, tem como objetivo equiparar os salários de vereadores e secretários aos dos professores municipais em Rio do Antônio. O projeto preconiza ainda reduzir o subsídio do prefeito municipal, que hoje é de R$ 16 mil para R$ 9.975,18, e o do vice-prefeito, que é de R$ 8 mil para R$ 4.987,59. Segundo um dos autores da proposta Dr. André Vasconcelos, o projeto visa moralizar a função dos ocupantes dos cargos eletivos. No bojo do projeto está indicado que os cargos sejam ocupados por cidadãos que desejam realmente contribuir com a melhoria e a mudança para melhor do município. De acordo ainda com Vasconcelos, para emplacar o projeto será preciso um abaixo-assinado com 600 assinaturas. Em busca da adesão da comunidade, há listas sendo preenchidas em diferentes pontos do município. “Após a coleta das assinaturas nós encaminharemos à Câmara Municipal, que vai ter o poder de aprovar ou não o projeto. E pela repercussão do tema, eu acho que vai ser aprovado", disse o advogado. Conforme o advogado, se a medida não for aprovada, o município de Rio do Antônio poderá viver um colapso financeiro. "A cidade hoje tem uma dívida financeira com o INSS de R$ 22 milhões, temos uma dívida que está sendo questionada na justiça de mais R$ 20 milhões, e além disso, mais R$ 4 milhões em precatórios trabalhistas vencidos", declarou o advogado. 
O presente Projeto de Lei trará uma economia mensal da ordem de R$ 41.661,33 e, ao final de cada mandato, aproximadamente R$ 2 milhões serão economizados aos cofres do município. Com esta quantia, o município poderá focar em políticas públicas essenciais à comunidade e investir nas áreas prioritárias.





Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.