Ads Top

Após vários acidentes com vítimas, moradores e comerciantes cobram redutores de velocidade entre o fim da BR-030 com início da Av. Centenário


Indignados com a insegurança no trânsito na avenida Centenário, em Brumado, devido aos vários acidentes ocorridos nos últimos meses no local, moradores e comerciantes do bairro Rodoviário cobram mais atenção do poder público. De acordo com os moradores, o objetivo é exigir da administração municipal mais condições de segurança para pedestre, ciclistas e para os motoristas que trafegam diariamente pela avenida que dá acesso a BR-030. Os moradores cobram implantação de redutores de velocidade, sinalização adequada de velocidade, ciclovias aos ciclistas para prática de exercícios físicos e ampliação das vias, com a construção de um canteiro central. “Nos últimos cinco anos ocorreram vários acidentes com vítimas fatais na avenida por falta de segurança para pedestres, ciclistas e motoristas. Estamos pensando em fazer um abaixo assinado para exigir das autoridades as providências necessárias para evitar os acidentes”, diz um comerciante. O assunto ganhou mais repercussão após o acidente que vitimou o jovem de 21 anos na última sexta-feira, dia 27 de setembro. Thiago Prates Leite morreu após o veículo em que ele estava rodar na pista e bater de frente com um caminhão que estava estacionado do outro lado da via no acostamento. Outras duas vítimas que estavam no veículo sofreram ferimentos e foram socorridas ao Hospital Municipal. Os estudantes voltavam da faculdade em Guanambi para passar o fim de semana com os familiares. A morte do jovem deixou a população comovida e cobram solução rápida para uma das principais vias de acesso à cidade. "Nós temos um fluxo muito grande de veículos nesta avenida. A maioria das empresas estão aqui, então há um grande volume de pessoas nessa região de comércio, e é preciso que o município reveja essa sinalização, para que novas vidas não se percam de forma tão trágica", alerta outro comerciante. 


Com informações do portal 97 News









Publicidade




Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.