Ads Top

RIO DO ANTÔNIO: DR. ANDRE VASCONCELOS ALERTA SOBRE A IMPORTÂNCIA DE ENVOLVER A SOCIEDADE RIOANTONIENSE NO PLANEJAMENTO E ACOMPANHAMENTO DO CENSO DEMOGRÁFICO 2020


Em 2020 o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística 9IBGE) realizará o Censo demográfico em todo o pais. No Brasil, o Censo é realizado a cada 10 anos. O primeiro Censo de que se tem notícia foi realizado no ano de 1872, sendo chamado de Recenseamento da População do Império do Brasil. O último aconteceu em 2010. As informações colhidas são importantes, pois servirão de base para a criação de políticas públicas nas áreas de saúde, previdência social e educação da população em geral e de assistência a grupos específicos como mulheres, crianças, adolescentes e idosos. Sendo importantíssimas para determinar também a quantidade de recursos destinados a cada ente da federação, pois a população é determinante para o direcionamento dos recursos.

Para se ter uma dimensão da importância do Censo o IBGE e suas pesquisas cumprem papel estratégico para o Estado Brasileiro, seguindo os Princípios Fundamentais das Estatísticas Oficiais das Nações Unidas para garantir a produção de dados adequados e confiáveis, em acordo com padrões profissionais e científicos internacionais.

Os dados do Censo Demográfico, especificamente, impactam diretamente diversas políticas públicas, seja mediante atrelamento legal ou como insumos para a elaboração de políticas e planejamento público e seu monitoramento.

Entre as aplicações legais podemos citar: Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e dos Estados (FPE) , Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB), Lei de Cotas e Distribuição de Royalties de Petróleo.

Os dados do IBGE também são referência para a elaboração de políticas e planejamentos públicos: Programas de transferência de renda (Bolsa Família, BPC, etc.), Políticas para pessoas com deficiência, Referência para construção de escolas, postos de saúde e creches, Visibilidade a setores minoritários e comunidades tradicionais (LGBT, mulheres, negros, população indígena, quilombola, ribeirinha, etc.), Projeções demográficas, Políticas habitacionais, Avaliação de cobertura das campanhas de vacinação e Planejamento urbano.

No caso específico de nosso município, no Censo de 2010 tínhamos 14.815 habitantes, e, na estimativa para o ano de 2019, 15.371 habitantes. Importante lembrar que recentemente perdemos parte considerável do nosso, território por ação unilateral de um ex-gestor que, por motivos que não é hora de discutir, cedeu parte do nosso território ao município vizinho de Lagoa Real. Aliado a isso é sabido por todos que constantemente municípios vizinhos invadem o nosso território sem que os poderes públicos constituídos tomem qualquer providência.

Pelo exposto vimos conclamar toda a população para que procuremos nossos representantes políticos com o propósito de inteirarmos acerca da metodologia que o IBGE utilizará na realização do Censo 2020, bem com discutirmos a atualização do mapeamento de nosso município!!!









Publicidade


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.