Jornada Pedagógica 2022 marca início do ano letivo em Rio do Antônio


Teve início nesta quarta-feira (16), o tradicional momento de direcionamento e planejamento de ações para o ano letivo em Rio do Antônio. Denominada ‘Jornada Pedagógica’, a programação tratou-se de uma recepção à toda a equipe escolar, que visa transformar a Esperança por 2022 em muito trabalho e aprendizagem.

Após mais um período atípico, ergueu-se uma série de novos desafios. E para traçar as metas e estabelecer objetivos, os gestores, professores e toda a equipe pedagógica reuniram-se no decorrer da semana, de 16 a 18 de fevereiro, nesse itinerário de apresentação, integração, formação e treinamento, no intuito de ambientar o corpo docente na jornada 2022.


“A nossa Jornada 2022 foi pensada com muito carinho para todos os nossos funcionários. Nós precisamos sim, está com esperança e tecer saberes. É tecendo saberes que nós conseguimos cuidar de nossas crianças com muito carinho. Não é um só que faz o papel em uma sala de aula, e sim todos os profissionais da Educação. Pensando nisso, fizemos a nossa Jornada com todos os funcionários e com nossa temática esperançar do verbo esperança para que no nosso retorno as aulas, a partir do dia 21 de fevereiro, possamos esta preparados para receber nossas crianças. Que todos tenham uma segurança de está mandando os seus filhos para nossas escolas”, disse Danusio de Oliveira.


O prefeito Gerson Martins que também participou da abertura do evento dando as boas vindas à equipe escolar, destacou a importância da Jornada Pedagógica para a evolução e o bom funcionamento da Educação no Município.

“Estamos tendo aqui hoje a oportunidade junto com o nosso secretário e todos os profissionais da Secretaria de Educação, refletindo sobre esse verbo esperançar. A gente vai entender que esperançar é acima de tudo, buscar animo e buscar acreditar que é possível diante de tantas adversidades, fazer aquilo que é o objetivo maior da Educação, fazer com que o aluno aprenda. É isso que nós queremos porque sabemos o quanto de crianças nós temos em nosso município, assim como no Brasil, crianças que nunca foram a escola. Temos que estar preparado para acolher. Temos também que está atento que é possível entender que essas crianças que não foram alfabetizadas é um desafio. A nossa semana pedagógica vem para ressignificar esses novos saberes, entender essa nova experiência pedagógica”, disse o gestor.





Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.